Heartless


Ele conheceu a história dela. Fez jura de amor, promessas sem fim que garantiam um futuro sem sofrimentos. Ele assumiu o erro do último cara que tinha partido o coração dela, garantindo que não faria as mesmas atrocidades que o ex lhe fizera. Aquela vida de coração partido era pretérito perfeito devidamente acabado.

Segundo os planos que faziam juntos, a junção das escovas de dentes seria em um lugar grande e espaçoso, com um carro grande na garagem que comportasse todo o amor em forma dos dois filhos, dos dois cachorros e muitas viagens. A trilha sonora desta grande aventura tinha risadas ecoadas nas tardes entre a rede, a piscina e o plantio de uma pequena horta de jardim.

Ele conheceu a história dela e jurou que não sairia do seu lado, nem na tristeza, nem na doença - ainda que as alianças trocadas fossem apenas aquelas infantis, que vêm no chiclete, e que não tivesse nem público, nem buquê jogado ao final da cerimônia. Quem se importa, quando há tantas roseiras e um luar como testemunhas?

O amor que ela sentia era infinito. As promessas dele também... Sonhos e palavras jogadas ao vento, como a água que escorre entre as mãos.

_________________________________________________________________
Observe também em: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | About me

Share:

4 comentários

  1. Que lindo sua observação, acho que é bem assim, todos quando vão juntar "as escovas de dente", se enchem de promessas, de ilusões e muitas outras utopias, tem que muitas vezes são mesmo palavras jogadas ao vento...Gostei!!!
    Aparece lá no blog, sobre moda e beleza, não sei se vai gostar, mas eu mesmo tendo um blog de beleza, leio outros, assim como o seu, seguindo, beijos!!!

    lisbellafashion@blogspot,com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lisiane!
      obrigada pelas palavras e por seguir.
      Acho que as pessoas devem cuidar uma das outras nos relacionamentos.
      Passarei no seu blog sim. Obrigada pelo convite!
      Beijos!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)